23Agosto2017

Download Template for Joomla Full premium theme.

Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Online bookmaker bet365

SÃO JOAQUIM DA BARRA - SÃO PAULO

Foto Atual

HISTÓRICO

O município já se chamou Jussara, São Joaquim de Nuporanga, Capão do Meio e São Joaquim, acrescentou-se da Barra ao nome por causa do córrego da Barra divisor dos municípios de Ipuã e São Joaquim da Barra. Pouso habitual de viajantes e tropeiros no percurso entre Ipuã e Nuporanga. O município surgiu no início do século XIX, devido ao êxodo dos moradores do sul da Província de Minas Gerais, atraídos pela riqueza da terra, pelo clima agradável e boas aguadas. Nascia o povoado de São Joaquim quase 100 anos depois disto, em 1898. Trilhos da Companhia Mogiana e da primeira casa de comércio na estrada que ligava Batatais e Nuporanga a Sant’Ana dos Olhos d’Água(hoje Ipuã), foi um dos motivos do crescimento do município. Moradores entre os quais Manoel Gouveia de Lima, João Batista da Silveira e Francisco de Lima,espalhados pelas beiras de córregos e riachos sentiram a necessidade de maior convívio social e organizaram uma comissão para obter fundos e adquirir algumas terras que constituíssem patrimônio de uma povoação. José Esteves de Lima arrematou em leilão público, na comarca de Nuporanga, em 21 de janeiro de 1895, uma área situada na fazenda “São Joaquim”. A 30 de maio de 1898, José Esteves de Lima sua mulher Maria Theodora da Conceição assinaram a escritura de doação para o patrimônio de uma capela de São Joaquim. Inúmeras pessoas chegaram então de territórios vizinhos ou distantes, entre elas italianos, espanhóis e portugueses. Em 1901, começou a construção da primeira capela que teve como padroeiro, São Joaquim e o Distrito de São Joaquim foi criado pela Lei Estadual nº 859, de 6 de dezembro de 1902. Em 19 de dezembro de 1906 foi levado a categoria de vila pela lei nº 1038. Criado o município pela lei estadual nº 1588 de 16 de dezembro de 1917, com território desmembrado de Orlândia, elevando sua sede à categoria de cidade. Em 30 de novembro de 1944, pelo Decreto Lei Estadual nº 14374, o nome foi mudado para São Joaquim da Barra. O Aniversário de São Joaquim da Barra é comemorado em 30 de Maio.

Foto Histórica

Lenda:

São Joaquim da Barra “...Quem bebe desta água uma vez, aquí sempre voltará” Havia uma linda índia de uma tribo do local, chamada Oiçaí que se apaixonou por um homem branco de nome Joaquim, mas de acordo com a tradição de sua tribo, os dois não poderiam se casar. E sendo assim, Oiçaí muito apaixonada, não se conformou com aquilo e resolveu atirar-se em um riacho profundo, dizendo:--“Que meu corpo se transforme em perfume e que todos que desta água beberem, passem o resto de suas vidas adorando e cuidando deste lindo lugar”. E no desfecho desta lenda, Joaquim com todo carinho, ficou cuidando para sempre do riacho de nome Barra como se estivesse cuidando de seu grande amor.

 

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Em divisão administrativa do Brasil referente ao ano de 1911, figura no Município de Orlândia o Distrito de São Joaquim , criado por Lei Estadual n.º 859, de 6 de dezembro de 1902. Vila criada por Lei Estadual nº 1038, de 19 de dezembro de 1906.

Elevado à categoria de Município pela Lei Estadual nº 1588, de 26 de dezembro de 1917, desmembrado de Orlândia. Constituídos dos Distritos sede, São Joaquim e Olhos Dágua. Sua instalação verificou-se no dia 10 de abril de 1918.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de São Joaquim da Barra compõe-se de 2 Distritos: São Joaquim e Olhos Dágua.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual n.º 9073, de 31 de março de 1938, o Município de São Joaquim compreende o único termo judiciário da comarca de São Joaquim e se divide em 2 Distritos: São Joaquim e Olhos Dágua.

No quadro fixado, pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30 de novembro de 1938, para 1939-1943, o Município de São Joaquim é composto dos Distritos de São Joaquim e Olhos d'água, e é termo da comarca de São Joaquim, formada de 1 único termo, São Joaquim .

Pelo Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, a comarca, o termo,

o Município e o Distrito de São Joaquim passaram a denominar-se São Joaquim da Barra.

No quadro fixado pelo referido Decreto-lei, para vigorar em 1945-48, o Município de São Joaquim da Barra ficou composto dos Distritos de São Joaquim da Barra e Ipuã, (ex-Olhos Dágua) comarca de São Joaquim da Barra.

Lei Estadual nº 233, de 24 de dezermbro de 1948, desmembrado de São Joaquim daBarra o Distrito de Ipuã, (ex-Olhos d'Água).

Fixado o quadro territorial para vigorar em 1949-1953, o Município de São Joaquim da Barra é composto de 1 Distrito, São Joaquim da Barra e comarca de São Joaquim da Barra.

Assim permanece no fixado pela Lei Estadual nº 2456, de 30-XII-1953, para o período de 1954-1958.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

ALTERAÇÕES TOPONÍMICAS

São Joaquim para São Joaquim da Barra alterado por Força do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944.

Fonte: IBGE

 

 

CARACTERÍSTICAS GEOGRÁFICAS

São Joaquim da Barra: é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 20º34'53" sul e a uma longitude 47º51'17" oeste.

Área da unidade territorial (Km²):  410,597

População:  46.512 hab. est. IBGE/2010

Densidade demográfica (hab/Km²):  113,28

Altitude: 625 metros

Clima: Tropical Semi-úmido Verão 30 35°, Inverno 15 10°

Bioma: Cerrado

Fuso horário: UTC-3

Gentílico: joaquinense

Prefeito 2013/16: Marcelo de Paula Mian

 

INDICADORES

Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - (IDHM) 2010 : 0,762

PIB per capita a preços correntes 2010: R$ 23.198,30

Fonte: IBGE

 

SÍMBOLOS