Clima seco associado à ação humana contribui para o aumento de queimadas

Focos de incêndios crescem entre junho e outubro

O período de maior incidência de incêndios em vegetação no estado de São Paulo fica entre os meses de junho e outubro. A falta de chuva, a baixa umidade do ar, a velocidade média do vento, as queimadas agrícolas e a soltura de balões no período de festas juninas contribuem para esse aumento.
 
É preciso estar atento a qualquer foco de fogo e tomar medidas para proteger você e o meio ambiente.
 
Evite incêndios:
  • Não faça queimada para a limpeza de terreno ou destruição de lixo, opte sempre pelo descarte no local indicado;
  • Evite fazer fogueiras - as fagulhas podem ser levadas pelo vento e espalhar as chamas;
  • Não jogue cigarros ou fósforo acesos em locais inapropriados, principalmente nas rodovias, próximo a vegetações. Pois, além de poluir, pode provocar grandes incêndios;
  • A soltura de balões, além de ser crime, pode provocar acidentes aéreos e incêndios.
Provocar incêndio é crime pela Lei Municipal nº 917 de 03 de julho de 2018, o infrator deve pagar multa, além de ser obrigado a reparar os danos causados no prazo e modo estabelecidos pelo Setor de Meio Ambiente.
 
Em casos de denúncias entre em contato com o Setor de Meio Ambiente pelo telefone: (16) 3811-0059.

Compartilhar


ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
fechar
ACESSIBILIDADE
Carregando... Por Favor, aguarde...