Fumaça de incêndio faz mal a saúde

Em casos de urgência procure ajuda médica

Você sabia que a fumaça das queimadas pode agravar situações de quem já tem doenças respiratórias?
 
Os incêndios além de causar danos à natureza trazem diversos prejuízos para a sociedade, principalmente em relação à saúde.
 
Ao inalar a fumaça, a pessoa pode ter sintomas leves como: dor e ardência na garganta, tosse seca, cansaço, dificuldade para respirar, dor de cabeça, lacrimejamento e vermelhidão nos olhos. Os sintomas variam de acordo com a pessoa, também da quantidade e tempo de exposição à fumaça.
 
As vias respiratórias são as mais afetadas no corpo, podendo agravar situações de quem já tem doenças respiratórias. Isso ocorre, porque as fumaças provenientes das queimadas contêm diversos elementos tóxicos.
 
A emissão de material particulado é o mais perigoso, pois é formado por diversos compostos químicos e têm partículas pequenas (finas ou ultrafinas) facilitando a inalação. Se inaladas elas percorrem o sistema respiratório e chegam até a corrente sanguínea.
 
Para amenizar os riscos da queimada a saúde, é necessário estar hidratado e manter ambientes umidificados – use umidificador ou bacias com água.
 
Em casos de urgência procure ajuda médica.
 
Provocar incêndio é crime pela Lei Municipal nº 917 de 03 de julho de 2018, o infrator deve pagar multa, além de ser obrigado a reparar os danos causados no prazo e modo estabelecidos pelo Setor de Meio Ambiente.
 
Em casos de denúncias entre em contato com o Setor de Meio Ambiente pelo telefone (16) 3811-0059.

 


Compartilhar


ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
fechar
ACESSIBILIDADE
Carregando... Por Favor, aguarde...